quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Você se acha verdadeiro?




Será que eu sou verdadeira?

Será que você é verdadeiro?
Será que nós somos verdadeiros?

Pois é... na época de nossos avós e bisavós quase ninguém falava o que realmente estivesse pensando ou sentindo. Nossos pais passaram por isso também, mas muitos sofreram por dizerem algumas vezes a verdade.
E hoje em dia estamos nós aqui vivendo esse falso moralismo e apedrejando pessoas que não “são sinceras”.

Nós dizemos que somos verdadeiros, mas nem sempre vamos agir assim... Se houver possibilidades de magoar alguém que nós amamos com alguma besteira, é lógico que não vamos ser verdadeiros e se nós sabemos que alguma pessoa não agüenta ouvir verdades porque logo se dói e chora, também não iremos ser verdadeiros.

Não ser verdadeiro em um determinado momento não significa que sejamos falsos, mas sim que omitimos uma informação que talvez não seja relevante. È claro que em toda regra a exceções, então se o assunto for realmente grave a única escolha é ser sincero mesmo.

Acho que somos verdadeiros na medida do possível, quando isso não vai interferir no sentimento que temos por alguém, sejam nossos pais, amigos, parceiros, irmãos, etc, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Deixe seu comentário, critica ou elogio que assim que puder aprovarei e responderei.
Caso você tenha um blog e seja seguidora aqui do Paty às Avessas, deixe seu link que te seguirei também.
Obs.: comentários ofensivos não serão aceitos!
xerooOOO